terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

O último que acabei de ler… (XXI)

É um livro de autor que muito me agradou ter lido. Não vou citar mas podem ler excertos no blog do autor carregando no link abaixo.



Recomendo!


FATifer

8 comentários:

  1. FATifer, não querendo ser mais papista que o Papa, creio haver aqui uma certa confusão entre o autor do blog "novas cartas de marear", de seu nome José Luís, com Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo, mais conhecido apenas por Jorge Luis Borges, escritor, poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta argentino, nascido em Buenos Aires em Agosto de 1899 e falecido em Genebra em Junho de 1986.

    Escrever sobre a Lenda de Dédalo e Ícaro da Mitologia grega, muito já se escreveu, mas acho que fizeste aí confusão com os nomes.

    Como podes ler aqui:

    «A invenção de Dédalo»

    "O surrealismo estuda o simbolismo do labirinto. Rabelais não o deixou de fora da literatura, inculcando-lhe a divisa: “Faça o que quiser”, orna-o como o “jardim de prazeres femininos” e se associa a uma filosofia do prazer de viver, onde divertimento e aprendizagem não são incompatíveis. Jorge Luís Borges o valoriza como um símbolo forte da perplexidade dos homens face aos mistérios da vida. Goethe disse que o que o homem não sabe ou não tem nenhuma ideia, passeia na noite através do labirinto do espírito."

    Beijinhos.
    ( se eu estiver enganada, antecipadamente, te peço desculpa! )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita, creio que não leu bem o que o FAT escreveu. Ele não escreveu Jorge Luís Borges, ele escreveu José Luís Borges de Almeida, que é o nome do autor do livro e do blog. Mesmo que fosse o mesmo nome, bem... há mais marias na terra.

      E o FAT leu o livro, até esteve na apresentação e falou com o autor. Sabe como sei? Estava lá, também.

      Eliminar
    2. Obrigado Carla, por esclareceres. :)

      Eliminar
    3. Janita,

      Não sendo perfeito, costumo saber o que leio.

      Beijinhos,
      (estás desculpada)

      Eliminar
    4. FATifer,

      eu sei que escreveste José Luís Borges de Almeida, e não o nome do escritor argentino, também sei o que leio.
      Se 'Dédalo' é o nome do livro, mantém-se justificada a minha observação, uma vez que se trata de uma versão da Lenda que já referi.
      Não é propriamente nada original, como um outro romance qualquer ( neste caso até me parece mais um ensaio )

      Beijinhos, FAtifer e obrigada pela tua amabilidade e cortesia.

      Eliminar
    5. Janita,

      Na minha opinião (e relembro que neste espaço é esta que prevalece, como já deixei bem claro), o teu comentário inicial, além de confuso em relação à mensagem que queria transmitir (tive de o ler três vezes), não me pareceu correcto. Não tendo lido o livro a tua opinião parece-me vã. Mas estás no direito de dizer o que te apetece assim como eu estou de não concordar com o que dizes.

      Não tens de agradecer.

      Eliminar
  2. Pois eu gostei dessa visão da queda de Ícaro, e do regozijo que deve ter sentido ao realizar o que ainda nenhum homem conseguiu... :)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que gostarias de ler este livro Téte ;)

      beijinhos

      Eliminar

É favor comentar se acha que tem algo a acrescentar…
Aviso apenas que me reservo o direito de eliminar qualquer comentário que entenda, porque sim!